Não Roubar

Sutra

Esses tempos estava lendo o Yoga Sutra de Patanjili, e ele começa falando de 5 princípios aparentemente óbvios que deveríamos cumprir, são eles: não agredir, não mentir, não roubar, não dissipar a sexualidade e não cobiçar.

Aparentemente óbvios pois, quando pensamos superficialmente em não roubar, parece claro que o cumprimos, afinal não vamos roubar um banco, ou sair por aí assaltando pessoas, ou furtando objetos. No entanto, se formos pensar mais refinadamente, talvez pratiquemos pequenos roubos diariamente sem nem percebermos. Em músicas, filmes e livros que baixamos ilicitamente, em programas, softwares e sistemas que utilizamos sem pagar, em documentos que falsificamos, taxas que não pagamos, impostos, tributos… Tantas pequenas coisas que se analisarmos, começamos a perceber que esse preceito é realmente válido e necessário de ser refletido, refinado e aplicado em nossas vidas.

Do mesmo modo a não agressão. Espero que ninguém saia por aí brigando ou espancando ninguém. No entanto, praticamos pequenas agressões cotidianamente, seja no trânsito, quando xingamos o motorista da frente, ou mesmo a nós mesmos, quando fazemos algo errado e automaticamente nos autocriticamos: que burro! Que estúpido. Como pude fazer isso! Pequenas agressões, aparentemente inofensivas, mas que poderiam ser evitadas e deixariam o nosso dia a dia ainda mais leve e harmônico.

Alguns pensamentos que tenho tentado aplicar e que acabam fazendo a diferença.

🙂

Anúncios