Somente o presente determina o futuro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Do mesmo modo que o amor liberta, o mesmo amor nos aprisiona.

O passado não determina o futuro. O passado determinou o presente. Apenas o presente determina o futuro. Então, para que você seja no futuro, você precisa ser no presente.

Muitas pessoas que amamos acabam nos manipulando, mesmo sem percebermos, talvez até sem perceberem, nos afastam de nossos sonhos. Sejam elas nossas mães, irmãs, amigas ou namoradas. Cada uma tem poder sobre nossas vidas e suas opiniões influenciam a nossa capacidade de tomar decisões. Muitas vezes nos intimidamos e temos medos de enfrentar estas opiniões. Muitas vezes em nome de um amor egoísta negamos a nós mesmos para não magoá-las. Mesmo em pequenas coisas insignificantes. Por medo de perdermos o seu amor damos mais poder as suas opiniões do que as nossas. Por puro e simples medo de confiarmos em nós mesmos. Por medo de realizarmos o nosso destino e sermos os criadores da nossa própria realidade e felicidade. Como se tivéssemos medo de tentar. Como se, por não tentamos, ao menos temos a certeza da derrota. A certeza de qualquer coisa. Alguma certeza na vida. Morremos de medo do desconhecido, do incerto, do inesperado. Mas tudo isso porque não temos fé. Não uma fé em um ser superior. Mas sim, a ausência de fé em nós mesmos, na nossa capacidade de realização, na nossa capacidade de decisão e na nossa capacidade de mudança. Por mais que realizássemos tantas coisas em tantas áreas, sempre alguma coisa nos trás um medo irracional. Seja sair de casa, seja terminar um relacionamento, seja mudar de trabalho, seja acreditar em Deus, seja mudar de hábitos, seja acreditar em nós mesmos.

Não que toda opinião esteja errada. Talvez algumas opiniões até fossem as corretas, mas no tempo errado. Cada um tem o seu tempo de amadurecimento. Cada um precisa provar o que o mundo lhe oferece para poder entender e acreditar nas suas decisões. Criamos nossa identidade a partir de nossas escolhas, de nossas decisões e da nossa vivência. Na verdade a gente só pede opinião para fortificar a nossa, para termos coragem de agir, todas as outras só nos atrapalham, só nos desestimulam, alentam e adiam as decisões que já tomamos.

Somente enfrentado a todos e acreditando naquilo que realmente somos e queremos é que damos força para as nossas próprias decisões. Dando força para os nossos próprios pensamentos começamos a realizar o nosso destino.

Muitas vezes, na nossa ignorância podemos escolher caminhos errados. Mas estas escolhas não precisam determinar a eternidade de nossa existência. No momento que você decidir mudar elas fazem parte do passado.

A partir deste momento, deste exato momento, viva o seu futuro, esqueça o seu passado e todos aqueles que você pensa que podem se magoar com esta sua decisão e se transforme naquilo que você realmente é por dentro. Dê ouvidos aquela voz interna que você sempre escutou e que te guia. Se você não acreditar nela ninguém mais poderá acreditar. Por isso não adianta pedir opinião. E se você não escutar voz nenhuma, então é hora de procurá-la, de buscá-la, de despertá-la. As pessoas que realmente te amam vão ficar felizes com o teu crescimento e amadurecimento. Acredite.

Dá um medo enorme, mas o primeiro passo é sempre o mais difícil… depois tudo é consequência. E pela lei da atração, quando decidimos, pensamos e agimos, todo o resto do universo age de acordo.

O desconhecido sempre vai nos amedrontar, mas precisamos ter fé em nós mesmos, escutarmos nossa voz interna, enfrentarmos nossos medos e todas as opiniões que sevem de obstáculo, e simplesmente ser e agir. Pois, se o desconhecido ainda não existe, hoje é o dia de mudá-lo.

Coragem!
Bjão

Anúncios