Despertar.

Eu continuo procurando a coisa certa, no lugar errado. E envolto na impossibilidade de encontra-la cultivo a infelicidade de uma busca eterna. Colhendo efêmeras gotas de prazer de uma fonte que jorra eternidade. Mas logo as gotas evaporam levando consigo a felicidade.

 

O medo de enfrentar meu próprio medo em busca da verdadeira felicidade me condena conscientemente ao vazio. É o medode descobrir a mais brilhante das luzes para depois voltar para a escuridão. O pior medo é o medo de vencer.

 

É assim que eu me sinto hoje. Consciente da minha própria ignorância. Não é tristeza ou solidão, apenas auto conhecimento.

Anúncios