Plenitude

A pior culpa do mundo eh se sentir culpado por ser feliz… As vezes nossa vida nos revela as melhores coisas do mundo, tudo comeca a dar certo, nos sentimos realizados, bem sucedidos, por mais q seja so ilusorio ou passageiro… Contudo, dependendo com quem estamos, vivemos, nossos amigos…  acabamos nao podendo compartilhar com ninguem nossa felicidade. As vezes nos sentimos culpados por sermos felizes no meio de tanta tristeza, pobreza e solidao.

 
Tava vendo um filme esses dias, que gostaria de recomendar, mesmo sendo triiiiiste era uma linda historia de amor. Mas nao lembro o nome. E a protagonista falava sobre isso no filme… Estava ocorrendo a guerra na Espanha, o comeco da primeira grande guerra e o namorado, bem como sua amante decidiram ir para a Espanha lutar. Eles sentiam que tinham que ajudar o pais, que todos eram conectados e viviam no mesmo mundo, por isso eram suas obrigacoes ajuda-los. Entretanto ela pensava de uma forma completamente diferente, talvez um pouco simplista ou egoista, mas completamente real e inspiradora:
 
— Nao posso me sentir culpada pela desgraca no mundo…
 
ou algo do genero… E eh verdade…. Ao mesmo tempo que devemos nos manter informados sobre os fatos que ocorrem diariamente, evitando uma alienacao sobre a realidade e o presente, tambem, devemos nos desestressar, relaxar, e curtir nossa vida plenamente. A culpa eh o pior sentimento do mundo, ainda mais quando associada aos nossos melhores atos, qualidade e sentimentos. Espero que nesse ano todos eliminem toda a culpa de suas vidas e aprendam a viver plenamente, acreditando cada vez mais em si mesmos e compartilhando somente amor e gratidao.
 
Quando eu tava no Yoga o professor senpre dizia pra acabar com a preocupacao, ansiedade e viver mais o momento. As vezes passamos tanto tempo pensando no futuro, o q vai acontecer, o q vai dar certo, errado, o que vai acontecer em nossas vidas, o q deveriamos estar fazendo agora, tudo ta errado… Acabamos por sentir q tudo eh eterno e que todas as decisoes vao mudar nossas vidas para sempre… o q eh verdade… mas nao quer dizer q seja ruim… a cada micro decisoes que tomamos moldamos nossas vidas… a cada dia que decidimos ficar em casa comendo e dormindo, ao inves de ir pra academia, passear pela cidade, ir pra praia… sao milhoes de possibilidades que rasgamos ou adiquimos… Eh muito louco como quando agente aprende a relaxar… que eh minha meta do ano… agente automaticamente aprende a gozar… que pode ser no sentido de sexo, mas tambem pura e simplesmente no sentido de viver e desfrutar da vida plenamente, se concentrar no momento ao invez de predizer o futuro…
 
Seria tao perfeito se todos fossem aquilo que gostariam de ser. Na verdade a unica coisa q falta eh acabar com a preguica e ir a luta… Gente um ano novo repleto de luz, paz e amor para todos… e que nesse ano todos consegam atingir seus sonhos e viverem aquilo que sempre almejaram como realidade.
 
Hoje eu tava andando, fui a igreja escutar um pouco de musica classica junto a orquestra que estava ensaiando e pensava sobre o amor. Tenho andado muito religioso esses ultimos tempos, realmente sinto uma presenca divina que nao consigo explicar direito. Quando estava no alge da minha paixao, me sentindo completamente feliz e realizado comigo, com o mundo e com o meu amor eu pensei. Se agente pode sentir taonto amor, imagina se existisse mesmo um Deus e se ele nos amasse mais que tudo infinitamente e indubitavelmente, imagina como seria se sentir amado dessa forma. Talvez tenha sido o comeco do retorno de meus pensamentos religiosos… Parece bobagem, besteira, mas onde eu queria chegar eh – que eh o link pro pensamento de hoje – que na verdade nao precisamos de alguem pra sentir amor. Porque quando nos sentimos amados, quando realmente sentimos amor em nossas vidas, tudo eh radiante, tudo eh perfeito, todos os erros e problemas sao meramentes desafios que resolveremos com prazer. Porque nao se sentir assim todos os dias ne… Porque precisar de algo ou alguem pra amar… Porque nao podemos simplesmente sentir e compartilhar amor… E assim, quando tivermos alguem conosco simplismente focamos e compartillhamos ainda mais com essa pessoa. Talvez seja a forma mais sadia de se amar, um amor sem possessividade, Dalai Lama falava sobre isso, mas pra mim sempre foi dificil de realizar. Mas claro, sobretudo, acima de qualquer coisa, eh necessario confiar, quando se confia em alguem o sentimento de posse desaparece e muda pra confianca.
 
Gente, nao sei o que tenho hoje, so sei que to muito afim de escrever. E to falando de coisas tao pessoais… so sei que sao coisas boas e espero que inspire voces a buscarem coisas melhores e verdadeiras nesse novo ano que comeca.
 
Grande Beijo. O mundo eh grande, temos muitas alternativas e possibilidades, busquem o amor e felicidade nas coisas certas e comecem a sentir o corpo realmente vivo e conectado com o mundo.
Anúncios